segunda-feira, 30 de março de 2009

Declaração de Amor Alentejana



Não sei quem é o autor mas até está com piada portanto como veio por email aqui vai para o pessoal relaxar um pouco.



Imagem : Namoro no jardim - Sebastião Mendes


"Minha querida magana..
Desda aquela vez da palha naquele monti, que aqui ficastes escarrapachada na minha alembradura.
Atão na foi tão bom? Diz laa?
Condolho pra ti com esses bêços de mula, o mê coração prega purradões nas costelas, parece um trator a arrencar calitros naquela charneca.
Se mamares comê tamo, se machares comê tacho
Vamos pedir ó tê pai cacete o nosso acasalamento.
Gosto de ti, pôrra! "

Comunicado do CDS-PP

COMISSÃO POLÍTICA
DISTRITAL DE ÉVORA
DO CDS/PP

AFIRMAR O ALENTEJO
NÃO À REFINARIA BALBOA

O projecto de instalação de uma refinaria na província de Badajoz tem levantado várias questões entre, principalmente, os concelhos vizinhos do Alqueva, e com razão, pois a refinaria Balboa distará 100 quilómetros da fronteira portuguesa.

O projecto da refinaria Balboa já foi chumbado pelas autoridades espanholas em localizações anteriores, o que denota que o projecto é, em si, polémico, e causador de danos ambientais consideráveis, senão mesmo, irreparáveis.

Quanto à actual localização, esta apresenta um potencial de contaminação do ar e da bacia hidrográfica do Guadiana e da albufeira do Alqueva, sendo que muitos dos prejuízos da sua instalação são remetidos para futuros regulamentos de segurança, não se mencionando, no projecto, qualquer possibilidade de ocorrência de eventos com consequências ambientais graves.

Os impactes transfronteiriços nem sequer foram analisados; não foi feita nenhuma análise aos impactes dos efluentes líquidos da refinaria nas águas superficiais do Guadiana, nem há estudos técnicos de que o projecto não interfira com os objectivos estratégicos definidos para o Alqueva.

A refinaria pode afectar Portugal através da contaminação aérea, sabendo-se que existem estudos que concluem que os efeitos da refinação de crude se fazem sentir num círculo com um raio de 120 quilómetros em redor da refinaria, o que significa que as emissões gasosas produzidas podem atingir os concelhos de Évora, Barrancos, Moura, Serpa, Mourão e Reguengos de Monsaraz.

Também não foram feitos estudos de impacte sobre os extremos climáticos, nomeadamente, sobre as secas, que regularmente afectam o Alentejo e as consequências que a laboração da refinaria tem em termos da necessidade de enormes caudais de água para a refinação do crude.

A construção da refinaria Balboa na província de Badajoz, poderá afectar seriamente os investimentos turísticos programados para o Alqueva, com capacidade para criarem 2.500 postos de trabalho, num valor da ordem dos 1,7 milhões de euros, fundamentais para o desenvolvimento do Alentejo.

Perante este panorama, a Comissão Política Distrital de Évora do CDS-PP deliberou, por unanimidade, pronunciar-se expressamente contra a instalação da refinaria Balboa, considerando que a mesma coloca em causa a viabilidade e a sustentabilidade económica dos projectos para o Alqueva e das explorações agrícolas, bem como a qualidade de vida dos Alentejanos.

É tempo de o Alentejo se afirmar e de os Alentejanos defenderem os seus legítimos direitos e interesses do seu Alentejo.

Estremoz em debate - Pensamentos (7) ...


Estremoz em debate - Pensamentos (6) ...


quinta-feira, 26 de março de 2009

Do Esquerda.Net

Depois da polémica do anuncio da RDP agora o esquerda net utiliza o mesmo anuncio para apelar à participação no 1º de Maio.

segunda-feira, 23 de março de 2009

ESTREMOZ - REUNIÃO DE CÂMARA MUNICIPAL DE 18/03/2009.

ASSUNTOS TRATADOS:
1 - Foi aprovada a nova "Tabela de Tarifas e Preços de Serviços para o ano de 2009";
2 - Foi aprovado o "Plano de Transportes Escolares para o Ano Lectivo 2009/2010" e estabelecido que a Câmara Municipal assegura a gestão dos circuitos especiais de transportes escolares e que, sempre que haja interesse, poderão as Juntas de Freguesia assegurar esses circuitos;
3 - Foi deliberado celebrar um Protocolo de Delegação de Competências na Junta de Freguesia de Veiros, com vista à execução da obra de “Ampliação da Rede Pública de Águas Residuais Pluviais em Veiros - execução de colector de pluviais na rua paralela ao Mercado Municipal até à linha de água existente”;
4 - Foi deliberado adjudicar a empreitada de "Requalificação dos Espaços Exteriores do Bairro da Caixa" ao concorrente "Costa & Leandro, Lda.", pelo valor de 115.260,70 €, com um prazo de execução de 90 dias;
5 - Foi deliberado celebrar um Contrato de Concessão entre o Município e a empresa "CPCOM - Exploração de Espaços Comerciais da CP, S. A.", através do qual é cedida à autarquia a utilização de um espaço situado na Estação de Estremoz da CP.
O Gabinete de Imprensa
imprensa@cm-estremoz.pt
Nota de imprensa Nº 402
23 de Março de 2009

domingo, 22 de março de 2009

Estremoz em debate - Padroeiro

Como em tudo na vida decidi que este blogue passaria a ter um Santo Protector, aproveitei por ir buscar um Santo das origens da minha árvore genealógica, visto que quando se celebra em sua honra pelas ruas do Porto a folia dessa noite é de perder a cabeça. Assim sendo e a partir de hoje passa a ser protector deste Blogue São João Baptista conhecido assim por praticar o baptismo e ter sido ele a baptizar Jesus nas margens do rio Jordão e falar a verdade.
Poderíamos dizer que perdeu a cabeça por causa de uma mulher de seu nome Salomé, considerada a mulher mais malvada na história Judaico-Cristã depois de Eva.
Herodes Antipas casou com Herodias sua cunhada tendo abandonado a sua esposa e após a prisão injusta do esposo de Herodias.
Salomé vai viver com a sua mãe para o palácio de Herodes onde a sua sensualidade não a fazia passar despercebida aos que viviam no palácio.
Sendo uma exímia bailarina e após uma noite de sucesso exige, como troféu a cabeça de João Baptista a conselho de sua mãe, vontade concedida pelo rei Herodes que mantinha João preso há dez meses, por se insurgir contra o incesto que Herodes levava a efeito contra as leis vigentes.
Como diz o velho pregão Português: " já lá dizia o Herodes ou te calas ou te ..... "

Estremoz - Blogues em fim de emissão

Alguns blogues da cidade irão parar a sua edição a partir das 23:59:59 de hoje Domingo em sinal de protesto contra as pressões que sofreram ao longo dos últimos meses. Apenas terão uma imagem em fundo preto durante sete dias ou outra forma que o editor entenda. Pelo alguns Blogues da cidade não publicarão qualquer post até às 23:59:59 do próximo Domingo.

sábado, 21 de março de 2009

Um jogo de nervos

Depois de um jogo de nervos lá veio a primeira taça para a luz desta época mais conhecida pela taça dos guarda redes que foram os herois nestas duas edições.
Aos sportinguistas meus amigos um velho slogan " À terceira è de vez" desde que não joguem contra o benfica.




(Imagens PDL, Carlsberg e SLB)

Hoje em Estremoz há corrida...

Hoje, em Estremoz, pelas 15:30 vai realizar-se um festival taurino, que conta com a participação dos cavaleiros Joaquim Bastinhas, Tito Semedo, Francisco Cortes, Pedro Salvador, Marcos Bastinhas e o praticante Tiago Carreiras. As pegas estarão a cargo dos grupos de forcados amadores de Setúbal, Académicos de Elvas e selecção Amigos de Estremoz. O recinto onde se vai realizar a corrida é uma praça desmontável instalada no parque de estacionamento de Santa Catarina, mesmo ao lado da centenária praça de Estremoz. Este festival é uma homenagem ao Cónego Fernando Afonso e os lucros reverterão a favor do Centro Social Paroquial de Santo André.

Estremoz - Pelos caminhos de Estremoz

No meu tempo não havia buracos e também não havia estradas, só carreiros!
Hoje propriamente não será o caminho mas sim uma estrada, em comparação com a do post de dia 16 esta Estrada Municipal de numero 508-2 - Mina da Mostradeira - Cerejal, está em condições idênticas ao caminho Espinheiro- S. Lourenço . Este também não teve a visita da Engenharia Militar.
Para se chegar ao Cerejal local de abastecimento de água em que várias fontes correm o ano inteiro, temos de fazer um autentico percurso de rally que quase nos lembra o Lisboa Dakar só com uma diferença, os nossos carros não estão preparados para este tipo de terrenos. Era bom que se desse um jeito a esta estrada, pois cá para o "Infopedra", no próximo verão iremos quase de certeza precisar dela.

quinta-feira, 19 de março de 2009

As razões porque não me candidato pelo PS - Estremoz

Pode ser considerado como uma carta aberta que era o seu titulo original.
Em Outubro de 2008, publiquei o que está aqui e, como disse não queria pensar que numa candidatura, que apostou na melhoria das condições de trabalho dos seus funcionários, que levantou uma bandeira com a recuperação do estaleiro Municipal, que a sua intenção era melhorar as relações entre trabalhadores, tivesse criado os grupinhos. Os do partido e os outros, que se tenha hoje medo de falar com o colega pois, poderemos estar na presença de quem leva a noticia trabalhada no seu ponto de vista politico e, sem muitas das vezes ser a verdade.
Hoje deu-me para falar de mim e como quem não sente não é filho de boa gente não há como por na praça pública o que me vai na alma, tirando daí a possível prateleira em que poderei ser colocado.
Há cerca de dois anos e pela anterior legislação, eu estava em condições de passar na minha carreira a operário principal, como esta passagem não era automática e sim por concurso, dependente das notas e do poder discricionário do Presidente da Câmara.
Anteriormente há cerca de três anos, fiz um requerimento com base nas notas , as notas obtidas até à data em que solicitava a abertura do concurso eram de Muito Bom e reduziam o tempo de progressão na carreira, não contando com um louvor dado pela Assembleia Municipal de Estremoz, obtive como resposta que de acordo com a nova legislação, teria de esperar pela aplicação à Administração Local do novo SIADAP o que fiz.
Depois do novo sistema aprovado e em funcionamento o poder discricionário manteve-se e o concurso não foi aberto.
Muitas promessas feitas, mas o concurso estava por abrir, o facto é que vai abrir em 29 de Dezembro de 2008, quando se sabia há dois anos que a nova lei entraria em vigor em 01 de Janeiro de 2009, logo, não havia tempo de executar todo o processo concursal.
Se o concurso foi anulado até aos dias de hoje não me foi comunicado nada, mas como não queremos situações ilegais é lógico que o concurso está anulado. Devido à crise ainda não deve ter havido tempo(Verba) de publicar a anulação do concurso e a respectiva comunicação aos concorrentes.
Poderei dizer sr Presidente, o senhor prejudicou-me profissionalmente e neste momento recordo algumas palavras que estão na defesa da autarquia num processo que tenho contra esse Município, assinada por si, bastava ver o meu processo individual para ver que as mesmas não eram verdade.
O meu alento e a vontade de bem servir estão debilitadas, ser tão mal tratado pela entidade que dirige, privar do ordenado justo quem serve e tinha como objectivos progredir na sua carreira e se empenhou quer em formação profissional e pessoal sem custos para o Município, levar uma paga destas, ser prejudicado em detrimento de outros que nunca se preocuparam com a sua evolução profissional e me chamavam maluco por andar a perder tempo em formações, hoje, confesso de facto não valeu a pena perder esse tempo em formação profissional pela parte que toca ao município, para mim, pode crer, é uma mais valia e uma forma de bem estar comigo mesmo.
Continuarei a desempenhar as funções que me foram confiadas com o mesmo empenho que tinha até aqui, só que o sentimento de revolta é cada vez maior e não me sinto motivado para me empenhar numa nova formação profissional, seja ela qual for.
Poderia Sr Presidente se o entendesse e já que abriu os concursos, proceder à colocação nos escalões indiciários dos trabalhadores que se inscreveram nas provas concursais, nos termos da lei 12/A - 2008 no escalão que obteriam após o concurso interno com a fundamentação da anulação do concurso pela entrada em vigor da presente lei. Estava e está na sua mão resolver os problemas dos seus funcionários ou como lhe chama agora colaboradores.
Deixo -lhe aqui alguns números do que já me privou de receber e a estimativa do que me irá prejudicar nos próximos anos com o seu poder discricionário e veja que para quem ganha 683 euros por mês até dava jeito.
Até 31 de Dezembro deixei de receber da:
CME 2370 Euros
Seguro 136 Euros
A 10 anos
A totalidade das perdas para uma inflação de 2% será de cerca 23.600 Euros.
De salientar que estas contas no espaço de tempo futuro são do tipo mercearia mas que davam jeito davam pois só na comparticipação do seguro em 2009 perco cerca de 250 Euros no valor a receber e este montante a menos tem um nome que eu até ao final do meus dias não vou esquecer e ele será de certeza o seu.
Obrigado sr Presidente por ser tão benemérito de quem trabalha.
Assim penso ter acabado com os boatos que por ai há que seria candidato pelo PS às próximas Autárquicas, como poderia ser candidato e apoiante de quem me prejudicou a mim e a muitos trabalhadores do município.
Sendo Dirigente Regional de um sindicato do âmbito da UGT, mau seria para mim que pactuasse com o que tem sido feito contra os trabalhadores do município, mesmo sendo o meu sindicato afecto às linhas politicas da actual gestão municipal.

BARRAGEM DE VEIROS CAPOULAS SANTOS, MENTE !

Na última edição do jornal “ECOS”, de 12 de Março de 2009, o Eurodeputado Capoulas Santos, do Partido Socialista, produz afirmações que, de todo, são falsas.
De facto, é preciso ter atrevimento…
Ao invés do que aí é mencionado, nem o Presidente da Câmara Municipal de Estremoz, José Fateixa, é o verdadeiro “pai” do desbloqueamento desta obra, nem o Engº Sevinate Pinto, enquanto Ministro da Agricultura do Governo do Dr. Durão Barroso, alguma vez mandou parar o respectivo processo de construção ou desviar dinheiro para outras prioridades.
Gostaríamos de saber se o Presidente José Fateixa se revê nestas afirmações de Capoulas Santos?
Achará que tais afirmações, no que concerne à sua pessoa, são verdadeiras?
Se a resposta for afirmativa, também dizemos: onde chega a arrogância, a mentira e a falta de humildade!
Se a resposta for negativa, então demarque-se dessas afirmações, o que só lhe ficaria bem.
Será que mais ninguém fez nada em prol da realização da obra?
Obra que o PSD sempre quís, sempre defendeu e por ela sempre lutou.
Não esqueçamos o empenho, a dedicação e o esforço, colocados quer pelo nosso Deputado à Assembleia da República, na época em que exerceu tais funções, Dr. Miguel Raimundo, quer pelo Presidente da Junta de Freguesia de Veiros, ainda hoje em exercício, para concretização do tão desejado empreendimento.
O que o Presidente José Fateixa fez e tem feito, enquanto Presidente da Câmara, é pressionar um Governo do seu partido político para realização de uma obra, cujo processo já se encontrava em fase final. Não é mais do que a sua obrigação. Qualquer um o faria.
Outra questão, é a de saber se o actual Governo, caso a Câmara de Estremoz não fosse de maioria socialista, daria continuidade ao processo para execução da Barragem de Veiros?
Fica a questão e a nossa séria dúvida.
Quanto ao Engº Sevinate Pinto e ao Governo do Dr. Durão Barroso, nunca estes inviabilizaram o projecto, nunca mandaram parar o processo, nem nunca desviaram qualquer verba que lhe estivesse cabimentada para outras prioridades.
Sempre foi sua preocupação o bom andamento do projecto de execução da Barragem de Veiros. Os pedidos de informação do Ministro da Agricultura de então, junto das entidades responsáveis por tal projecto, eram frequentes, minuciosos, e exigiam celeridade, o que comprova o seu manifesto e efectivo interesse.
Mais: O Engº Sevinate Pinto preparava-se para proceder ao lançamento do concurso público internacional para construção da Barragem de Veiros no final de 2004, o que só não veio a acontecer devido à surpreendente acção do Dr. Jorge Sampaio ao provocar eleições antecipadas.
Note-se que o actual Governo só quatro anos mais tarde lançou o concurso público internacional. Terá alguma coisa a ver com o ano eleitoral de 2009?
Senhores do Partido Socialista, façam política, mas com o mínimo de seriedade.
O povo português está saturado de tantas mentiras !

A Comissão Política Concelhia
do
PSD/Estremoz


Estremoz, 19 de Março de 2009

quarta-feira, 18 de março de 2009

Uma vergonha


Hoje ao ler o “Resistir para um mundo melhor” fiquei indignado com o que li.
Trabalho igual, para salário igual, onde é que se admite isso?
Igualdade de direitos? Os deuses devem estar loucos!
Passando ao sério do assunto que me leva a escrever.
Por questão de princípio o novo Estatuto Remuneratório dos Eurodeputados atribui um salário de 7665 Euros igual para todos e mais 287 Euros de subsidio diário, tem graça e pensando com os meus botões que um artista destes ganha em dois dias de subsidio o que eu ganho num mês de trabalho especializado e, também por força de um poder discricionário. É verdade que o poder discricionário abriu a 29 de Dezembro para encerrar a 31 de Dezembro, mas pela nova lei a vigorar a partir de 1 de Janeiro poderia ter sido resolvido o assunto da discrição e que nem chegaria a metade do valor de mais um subsídio diário de um nosso Eurodeputado.
Não estamos aqui para falar de mim em particular, este foi apenas um desabafo de quem vê exigir salário igual para trabalho igual. Não pondo em causa o trabalho dos deputados sejam eles Euro ou Nacionais mas muitas vezes vemos que não estão onde deviam, porque, encontram-se em serviço no estádio do clube da sua eleição ou a passar aquela ponte merecida com a família e, que já levou se não levou mesmo, que determinadas votações passassem para a 4ª (s) feira na Assembleia da Republica, não vá calhar um feriado à quinta.
Se os nossos eurodeputados estão numa de para trabalho igual salário igual, porque não agora que na administração pública um salário igual para todos visto que as carreiras existentes foram destruídas pelo governo socialista e, a minha proposta atendendo à revolta dos nossos Eurodeputados, seria:
CARREIRA DE TÉCNICO SUPERIOR 3 364,14
CARREIRA DE ASSISTENTE TÉCNICO 1 664,91
CARREIRA DE ASSISTENTE OPERACIONAL 1 252,97
Assim seria justo a trabalho igual salário igual, devo informar que utilizei os salários em vigor na LVCR.
Penso que os deputados de ambos os lados quando estão em inicio de carreira ganham o mesmo que os outros, porque não nas profissões?
Como nota final em ano de crise e choradinhos, os senhores EURODEPUTADOS PORTUGUESES aumentados 100%, é uma vergonha Nacional, quando se chora um aumento de 2,9 % quando há vários anos estamos a ser aumentados abaixo da inflação.Mesmo para finalizar, em termos de apelo ao voto para as próximas eleições Europeias, não à abstenção, vamos votar, mas votar em branco, e se tivéssemos essa sorte os votos entrados nas urnas para estes (…) seriam só os votos dos seus candidatos, o que daria um empate entre listas, mas seria a melhor lição de democracia que se daria aos nossos políticos de que estamos descontentes com a politica seguida por Portugal a nível Europeu.
Nas EUROPEIAS, VOTA EM BRANCO.
MOSTRA O TEU DESCONTENTAMENTO VOTANDO.
ABSTENÇÃO, É VOTARES EM QUEM NÃO QUERES.

Estremoz - É uma barragem? Não! É um lago artificial.

No meu tempo bebíamos água nas ribeiras, agora, é outra louça!(Infopedra)

Depois de muita insistência vamos lá a mais uma preocupação de muitos Estremocenses.
Com a crise de água que por cá se tem vivido e a mesma a faltar nas nossas torneiras em pleno Inverno penso que hoje encontrei mais uma rotura e esta bem grande.

Como eu observei, muitas outras pessoas observaram e observam nas suas deslocações à mais recente superfície comercial da nossa cidade, que do lado Nascente existe um terreno vedado e o mesmo goza de uma flora verdejante o ano inteiro, tendo já alguém sugerido que com tal nascente aqueles lados daria para plantar agriões naquele local, cá para o Infopedra, poderia fazer-se ali uma captação visto que a conduta passa ali perto e, devido às qualidades do nascente nem o tratamento da água seria necessário, pois, já está dosada de cloro natural que também não sei como ela o adquire.
A solução para eliminar este nascente que ao que parece tem tudo menos de natural, seria instalar um contador de água no respectivo ramal e pedir contas ao Patriarca da comunidade pois, todos nós cidadãos temos um contador em casa e pagamos o que consumimos e se somos todos iguais perante a Constituição, porque é que uns são mais iguais que outros?
Existem neste momento famílias desempregadas e empregadas no nosso concelho que têm de dar as suas contas (Pagar a água) e ganham menos que o rendimento mínimo auferido por estes lados, já para não falar, do Renault 5 e do Audi A4 facilmente localizavel em ambas as portas .
De barragens falaremos mais para a frente.

terça-feira, 17 de março de 2009

Estremoz - É caminho municipal...

No meu tempo não havia estradas. Que evolução! (infopedra)
Este é o estado de degradação em que se encontra o Caminho Municipal que liga o Espinheiro a São Lourenço, mais conhecido pela estrada da Fonte Velha.

Gostaria de salientar que nesta estrada passam viaturas que custam milhares de Euros e não estou a falar das de proprietários privados.

As fotos mostram os buracos e o material para reparar em monte, com o passar do tempo tem ido compactando e os buracos ali tão perto, só que o material não se desloca sozinho necessitando para se deslocar de uma pá e alguém a manobrar a mesma
Parece que a engenharia militar não chegou a esta estrada que liga duas freguesias do nosso concelho.

segunda-feira, 16 de março de 2009

Estremoz em debate - O regresso


A partir de hoje e até à libertação do Pinóquio, passaremos a ter como porta bandeira das promessas eleitorais o "INFOPEDRA", um eximio conhecedor das novas tecnologias da informação em virtude de ter passado por um portal do tempo e, ter levado para a sua gruta o primo do computador Magalhães, gentilmente oferecido por uma empresa Nacional. Esperamos que ele não vá fazer companhia ao Pinóquio e se aguente por cá algúm tempo.
Depois das apresentações vamos ao que interessa.
1 - Volto ao ciberespaço mas desta vez com novas regras. Este blogue irá funcionar com comentários de: Utilizadores registados - inclui OpenID. Todos os comentários serão objecto e observação prévia por parte o editor.


2 - Os temas continuarão a ser basicamente de Estremoz, no entanto irá ter artigos de carácter generalista.


3 - Desde já agradeço a todos os que das mais diversas formas de imediato e após ter apagado o blogue me incentivaram e deram algum ânimo para o reabrir.


4 - O motivo que levou ao quase encerramento do blogue ficou a dever-se não aos comentários sobre a forma como o blogue se rege ou até ao infeliz do Pinóquio que apenas estava a ler o programa apresentado pelo PS em 2005 e que estava a incomodar uns quantos. No entanto aqueles que me acusam de ofender os outros também ofendem quem edita. A nossa família ou as competências profissionais não são chamadas a comentários absurdos e maldizentes. Para mim, e o que me levou ao ponto de pensar encerrar o blogue foi as ameaças de carácter físico que comecei a receber por alguém, que na cobardia de ser anónimo e talvez com receio do que poderia acontecer se se identificasse optou por cobardemente ameaçar a minha vida, chegando ao ponto de dizer que sabia onde eu trabalhava e que um dia (...) assim sendo decidi na altura que o melhor seria encerrar, no entanto e pelo atrás exposto e como quem tem medo compra um cão, decidi, seguir em frente com o Estremoz em debate para desilusão de muitos que pretendiam o seu fim. Gostaria de alertar para o seguinte não prossegui com queixa contra o fulano em causa mas posso provar com o relatório que está final que se entender apresentar queixa contra alguém me será fácil visto que as operadoras conservam os registos de IP por um determinado espaço-tempo.


5 - Penso que todos compreenderão o quanto fiquei magoado com alguma gente sem escrúpulos que sabe magoar sem olhar a meios e sem a coragem no mínimo decente de dar a cara e assumir o que escreve.


6 - Ao longo destes anos de actividade orgulho-me de ter sido referenciado como blogue a ler pela revista Mundo Internet, de Blogue bem informado pelo Tal & Qual, enviado artigos e citações para a imprensa local, referenciado no Jornal Público entre muitos outras publicações é pena que na cidade meia dúzia de pessoas vejam nos blogues um instrumento de ataque ao poder instituído, em vez de aproveitarem o que melhor estes meios podem fazer e que o meu blogue se preza de ter feito, alertar para situações que estão mal e que podem ser corrigidas. Poderia dizer que talvez várias dezenas de situações alertadas por este blogue, foram resolvidas na hora. Isso não é serviço público, não é colaborar com o bem-estar da comunidade? Há quem não o entenda assim, irei continuar a alertar para factos reais e se não forem a favor do poder instituído " temos pena".


Fica aqui um relatório de um utilizador de quem o IP foi apagado propositadamente devido aos impedimentos legais de divulgaçãode IP(s) de terceiras pessoas, para verificarem que quando um utilizador vem ao blog nós poderemos saber quem são com pouco trabalho, por onde andaram no blogue, o que retiram em download e muito mais informação.


VISITOR ANALYSIS




Search Engine Phrase - estremoz


Search Engine Name -Google


Search Engine Host- http://www.google.pt/


Host Name - Ministério (....)


IP Address - 82.154. (...) . (... )


Country -Portugal


Region - Évora


City- Estremoz


ISP -Telepac - Comunicacoes Interactivas, Sa


Returning Visits - 51 Visit


Length - 11 mins 13 secs


VISITOR SYSTEM SPECS


Browser - IE 7.0


Operating System - WinXP


Resolution - 800x600


Javascript - Enabled


Navigation Path Date Time Type WebPage


11th March 2009 10:09:01 Page View www.google.pt/searchhl=ptPT&q=estremoz&meta=lr 3Dlang_pt&aq=f&oq=estremozdebate.blogspot.com/


11th March 2009 10:11:05 Page View estremozdebate.blogspot.com/estremozdebate.blogspot.com/2009/03/
morte-e-vida-severina-chico-buarque.html#comments ~


11th March 2009 10:11:38 Page View http://www.google.pt/searchhl=ptPT&q=estremoz&meta=
lr3Dlang_pt&aq=f&oq=estremozdebate.blogspot.com">
lr3Dlang_pt&aq=f&oq=estremozdebate.blogspot.com 11th March 2009 10:11:59 Page View http://www.google.pt/searchhl=ptPT&q=estremoz&meta=l
r3Dlang_pt&aq=f&oq=estremozdebate.blogspot.com/">
lr3Dlang_pt&aq=f&oq=estremozdebate.blogspot.com/ 11th March 2009 (...)

Uma Gaivota voava

domingo, 15 de março de 2009

É agradavel não é?

Hoje mesmo com o blogue suspenso verifiquei que o mesmo continua bastante internacional e Nacional, deixo aqui um foto print do meu contador de visitas como será lógico sem os IPs e links de entrada, assim se vê, a força de um blogue mundialmente visto e que alguns iluminados locais pretendiam que fechasse. Amanhã pelas 20:00. mais minuto menos minuto estarão no ar as novas regras do blogue bem como a nota explicativa deste curto encerramento do Estremoz em debate, apresenta actualizações que estavam agendadas à altura do encerramento para publicação. Assim sendo, o desenvolvimento de novas noticias só será feito a partir de amanhã, os conteúdos que estavam pré programados irão continuar a sair.
Aqui temos um resumo dos ultimos 500 visitantes

A Sociedade Antes e Após o 25 de Abril

sexta-feira, 13 de março de 2009

Chico Buarque - Cálice



Reabertura do blogue no próximo dia 16 de Março de 2009 pelas 20:00 horas, em que se esclarece o motivo que quase levou ao encerramento do blogue.
Agradeço desde já, a todos os que de alguma forma me expressaram o seu apoio e incentivaram para que voltasse ao ciberespaço de Estremoz.

O nome, esteve para mudar mas, vai manter-se.

25 de Abril - Contra factos não há argumentos

quarta-feira, 11 de março de 2009

Estremoz em debate - o fim

Este blogue vai encerrar por motivos óbvios o actual formato, pelo que, passará a chamar-se qualquer coisa menos Estremoz.
Futuramente e devido ao novo visual o "Qualquer coisa em debate" reformulará a sua forma de estar.Temas como Estremoz ou relacionados com Estremoz deixarão de ser escritos neste blogue, deixando assim livre de tentações os maus augúrios que por ai se adivinham.
Continuará a ser politico quando deve de ser somente a nível Nacional a politica local, vai ser daqui irradiada como todos os comentários que sejam relacionados com Estremoz logicamente não serão publicados.
Estou farto de estar a aturar comentários que em nada dignificam o trabalho que tem sido feito por este blogue no âmbito local, tendo sido em algumas alturas o elo de ligação com os Estremocenses que por diversos motivos estão ausentes da nossa terra e servido inclusive de elemento de divulgação de iniciativas que por aqui se realizavam.
Chega hoje ao fim o blogue na forma que todos conhecem, agora vai virar a página e fechar para a cidade apenas vai falar do que eu quiser e Estremoz está excluído das minhas intenções de publicação.
O endereço por questão de link mantém-se, os conteúdos é que serão alterados.

Morte e Vida Severina - Chico Buarque

terça-feira, 10 de março de 2009

Estremoz - Quem prometeu em 2005


Dignidade, conforto e segurança são as razões que nos levam a assumir o compromisso de construir o Terminal Rodoviário.

segunda-feira, 9 de março de 2009

Estremoz - Quem prometeu em 2005




Apostaremos no projectos de aproveitamento de energias alternativas destinados aos equipamentos e viaturas municipais e no incentivo às iniciativas empresariais tendentes ao aproveitamento de energias alternativas (eólica, etc.).

domingo, 8 de março de 2009

Estremoz em debate - Sempre há censura...II


Afinal não havia!

Segundo foi esclarecido pelo Presidente do Conselho Executivo da Escola Secundária Rainha Santa Isabel de Estremoz, em Dezembro de 2008, foi instalado um novo sistema de gestão de redes informáticas na escola e o mesmo bloqueia automaticamente alguns conteúdos. sendo o CE da ESRSI alheio ao facto, por azar o "Estremoz em debate" caíu nos conteúdos bloqueados. Segundo o Presidente do CE da ESRSI o conteúdo será desbloqueado brevemente.

Assim sendo desde já impõe-se um pedido de desculpas pela reacção proferida neste espaço tidas no quente da situação e, pela informação que tinha chegado não ser a mais correcta.

Esperamos assim voltar ao espaço da ESRSI em breve, agora que está esclarecido o assunto.

Ser mulher

Ser mulher, vir à luz trazendo a alma talhada
para os gozos da vida, a liberdade e o amor,
tentar da glória a etérea e altívola escalada,
na eterna aspiração de um sonho superior...

Ser mulher, desejar outra alma pura e alada
para poder, com ela, o infinito transpor,
sentir a vida triste, insípida, isolada,
buscar um companheiro e encontrar um Senhor...

Ser mulher, calcular todo o infinito curto
para a larga expansão do desejado surto,
no ascenso espiritual aos perfeitos ideais...

Ser mulher, e oh! atroz, tantálica tristeza!
ficar na vida qual uma águia inerte, presa
nos pesados grilhões dos preceitos sociais!
Gilka Machado

Estremoz - Quem prometeu em 2005




Desenvolveremos acções de Educação Ambiental com parcerias locais, regionais e nacionais, orientadas para as crianças e jovens, as empresas e as pessoas em geral.

sábado, 7 de março de 2009

sexta-feira, 6 de março de 2009

Estremoz - Espaço JSD em blogue

http://www.jsdestremoz.blogspot.com/
Fazia falta um espaço de discussão para os jovens, fazia falta um espaço onde todos os jovens pudessem dar a sua opinião, manifestar os seus interesses, partilhar as suas ideias e sobretudo mostrar que podem contar com eles.
A JSD criou esse espaço.
Este espaço é para todos os que sentem que podem fazer mais, que as conversas de café já não são suficientes, que é preciso actuar, que para além dos problemas nós também temos soluções. Queremos contar com todos!
A JSD vai utilizar este espaço para apresentar as suas ideias, as suas iniciativas, os seus debates, as suas formações. Queremos contar contigo! Queremos que contes connosco!
Não perguntem o que é que Estremoz pode fazer por vocês, mas sim o que é que vocês podem fazer por Estremoz!
Aproveitem! Visitem! Comentem!
Participem no vosso Futuro!
Nota: A comissão política da JSD Estremoz avisa todos os visitantes que não vão ser aceites quaisquer comentários neste blogue que ofendam directamente pessoas e/ou instituições.
http://www.jsdestremoz.blogspot.com/
Com os melhores cumprimentos,
Comissão Política da JSD Estremoz

Estremoz - Quem prometeu em 2005



Ampliaremos as redes de distribuição de água e de saneamento básico a toda a população das freguesias rurais.Tornaremos “Estremoz, Concelho Verde”.

quinta-feira, 5 de março de 2009

ESTREMOZ - REUNIÃO DE CÂMARA MUNICIPAL DE 04/03/2009


ASSUNTOS TRATADOS:


1 - Foi aprovada a Tabela de Tarifas e Preços de Serviços para o ano de 2009;


2 - Foi adjudicada à firma "António Barata Frexes" a venda de um lote composto por 11 Veículos em Fim de Vida, pelo valor de 1.760,00 €.


Nota de imprensa Nº 398 05 de Março de 2009

Estremoz em debate - A informação está presente

Como é hábito, muitas vezes divulgo email(s) que recebo e este não sendo de um Partido Político mas do representante do Trono de Portugal, merece neste blogue lugar de destaque e a merecida divulgação pelos leitores do blogue. É numa analise da situação Politica do País no actual contexto da crise.
Instituto da Democracia Portuguesa


Abaixo divulgamos a mensagem de D. Duarte de Bragança, chefe da Casa Real Portuguesa e presidente de honra do Instituto da Democracia Portuguesa, proferida hoje, por ocasião do encerramento do I Congresso Marquês Sá da Bandeira em Lisboa:

PERGUNTAS À DEMOCRACIA

D. Duarte de Bragança

"Tem vindo a crescer em Portugal um sentimento de insegurança quanto ao futuro, sentimento avolumado por uma crise internacional, económica e social, de proporções ainda não experimentadas pela maioria dos portugueses. São momentos em que importa colocar perguntas à Democracia que desejamos.

Admitindo-se que a situação concreta é grave, torna-se necessário encará-la de frente, antevendo todos os aspectos em que os portugueses experimentam dificuldades.

Os tempos de crise vão-nos trazer privações mas também vêm exigir reflexão. Este é o momento de olharmos para o que somos.
Para este país tão desaproveitado. Para a sua costa atlântica com Portos tão ameaçados, para uma fronteira tão vulnerabilizada, para um património cultural tão desaproveitado.

Temos de perguntar até onde deixaremos continuar o desordenamento do território, que levou a população a concentrar-se numa estreita faixa do litoral, ocupando as melhores terras agrícolas do país e esquecendo o interior, reduzido a 10% do PIB.

Temos de perguntar à economia portuguesa por que razão os bens de produção são despromovidos perante os “serviços”, o imobiliário, e ultimamente, os serviços financeiros.
O planeamento das próprias vias de comunicação se subjugaram a essa visão.

Temos de perguntar até onde o regime democrático aguenta, semana após semana, a perda de confiança nas instituições políticas e uma atitude de “caudilhização” do discurso.

Temos de perguntar até onde continuaremos a atribuir recursos financeiros a grandes naufrágios empresariais, ou a aeroportos e barragens faraónicas que são erros económicos.

Temos de perguntar até onde o sistema judicial aguenta, sem desguarnecer os direitos dos portugueses, a perda de eficácia e a morosidade crescente dos processos.

Temos de perguntar se não deveríamos estabelecer um serviço de voluntariado cívico em que os desempregados possam prestar um contributo à comunidade.

Temos de perguntar até onde as polémicas fracturantes que só interessam a uma ínfima minoria política, não ofendem a imensa maioria das famílias, preocupadas com a estabilidade pessoal e económica.

Temos de perguntar como vamos aproveitar o ciclo eleitoral que se avizinha, a começar pelas eleições europeias, onde será desejável que apareçam independentes que lutem pelos interesses nacionais.

Temos de perguntar se nas relações lusófonas, estamos a dar atenção suficiente às relações especiais que sempre existiram entre Portugal e o Brasil.

Para ultrapassarmos as dificuldades, precisamos de todos os nossos recursos humanos em direcção a uma economia mais “real”, mais sustentada, mais equitativa, uma economia em que respirem todas as regiões a um mesmo “pulmão”.

Apesar de tudo, o nosso sector bancário fugiu das estrondosas irresponsabilidades dos congéneres mundiais. Saibam os Governos regulamentar os apoios para as empresas grandes, médias ou pequenas mas que sejam produtivas.

Em regime democrático, exige-se processos e discursos ditados pelo imperativo de responsabilidade. A equidade e integridade territorial só poderão ser obtidas com a participação de todos, e com sacrifícios para todos.

Estamos confiantes que somos capazes de fazer das nossas fragilidades as nossas maiores vantagens. Onde outros tiveram soluções muito rígidas que falharam, nós venceremos promovendo os portugueses que lutam por um país de imensas vantagens competitivas.

Mostremos como somos um grande País, uma Pátria em que todos cabem porque acreditam na Democracia. Portugal precisa de mostrar o seu projecto para o século XXI. Pela minha parte, e pela Casa Real que chefio, estou, como sempre, disponível para colaborar."

Estremoz - Quem prometeu em 2005


Reivindicaremos junto do Governo de Portugal o cumprimento de um compromisso de sempre: a construção da Barragem de Veiros.

terça-feira, 3 de março de 2009

Estremoz em debate - Sempre há censura...

Hoje, mais uma vez fiquei surpreendido. Então não é que o Estremoz em debate, está com acesso interdito na Escola Secundária Rainha Santa Isabel de Estremoz?
Sendo um blogue da cidade que pode ser incomodo para os políticos percebe-se que se impeça o acesso ao mesmo em algumas entidades, agora, no seio da escola não percebo.
No entanto, sei que outros blogues da nossa praça têm o acesso livre na escola o que acho estranho pois, se não entrava um, não entravam nenhuns. Parece não ser esse o entender do conselho executivo ou do director da escola, criando o que se pode considerar um acto de CENSURA sobre um dos blogues mais antigos da cidade de Estremoz e que sempre se prezou por informar e divulgar a cidade nos mais variados quadrantes políticos e sociais, tendo também os seus artigos de opinião aproveitados muitas vezes, quer pela imprensa local quer pela imprensa nacional.
Não percebo como antigo aluno deste estabelecimento de ensino que este estabelecimento possua um carácter ditatorial em relação a um blogue, que muitas vezes chama a atenção para assuntos que até são do interesse da escola.
Parece que a formação cívica e de cidadania ainda não chegou para aqueles lados o 25 de Abril, nem se fala.
O pinóquio das 00:01 hoje volta a não sair.

segunda-feira, 2 de março de 2009

PS e a liberdade de imprensa

Caricato ou talvez não, cada vez vejo mais um aprendiz de Salazar a governar este País se bem que o seu nome também tenha no inicio um "S" não se admite que ele e os seus comparsas deputados, insistam em criar uma nova lei de imprensa felizmente vetada pelo Presidente da Republica , recordo que até ao momento o presidente já utilizou por 8 vezes o veto de legislação antidemocrática.
Penso que estará na gaveta a próxima lei caso esta seja aprovada um dia, será a criação da comissão do lápis azul e vermelho mais conhecida pela censura total que, seria muito prática no caso do Freeport ou noutros casos pendentes como Felgueiras...
Temos visto localmente a pressão causada sobre alguns blogues que dizem algumas verdades a rir aos que lhe mentem a sério, obrigando-os sob ameaça de uma investigação da PJ e de queixas que não terão melhor desfecho do que muitas outras apresentadas em tribunal, em que depois a Google notifica o autor do blogue do acórdão do tribunal e, para o autor nada diz que não seja que o seu blogue está a sofrer a mão pesada da censura. Se tinha razão num universo livre e de liberdade de expressão porque não continuar.
Que meia dúzia de idiotas políticos se lembram de utilizar métodos de regime outrora combatidos pelos os seus fundadores na permissão das mais simples das liberdades que é podermos expressar livremente sem ter que olhar para quem está ao lado, parece-me, um pouco diferente de um partido que há dias dizia ser a esquerda democrática em Portugal.
Hoje olhando para a politica Portuguesa, vemos que cada vez mais o compadrio, a delação, o escutar aqui e contar alem, vale uma nota de mérito e logo uma progressão na sua vida profissional. Quer queiram quer não, faz-me lembrar a progressão na vida nos tempos do Estado Novo.
Ser Socialista em Portugal é isto!
  • Proibir a imprensa de escrever?
  • Proibir os Blogues de escrever?
  • Proibir ao cidadão poder tecer um comentário ou contradição sobre uma actividade governativa com base na ameaça?
Só falta precisamente, voltar a criar a Policia de Intervenção e Defesa do Estado - Direcção Geral de Segurança e, assim estaríamos realizados. A fome já cá está embora encoberta mas está, criar os pontos de emprego jornaleiros estamos a caminhar para lá, manter os actuais sistemas de subsídios por desemprego a meu ver têm os dias contados. pois, mais tarde ou mais cedo não há dinheiro da Segurança Social que chegue para uma população que cada vez mais está desempregada.
Resta, voltar ao tempo de António e viver como podemos.
Pela liberdade de expressão o Estremoz em debate irá escrever contra e sempre contra os Pseudo-Ditadores que nos querem impor somente a sua verdade sem escutar a verdade dos outros.

ESTREMOZ - REUNIÃO DE CÂMARA MUNICIPAL DE 18/02/2009

ASSUNTOS TRATADOS:
1 - Foram aprovados os Acordos de Cooperação a estabelecer entre o Município e os Ayuntamientos de Albuquerque, Badajoz, Barcarrota, Coria e Olivenza, que visam a participação dos referidos Ayuntamientos na próxima edição da FIAPE e a participação do Município em feiras a realizar nas mencionadas localidades espanholas;
2 - Foram aprovadas as Normas de Funcionamento do “XIV Concurso da Cozinha Alentejana”, que decorrerá de 16 de Março a 3 de Abril do corrente ano;
3 - Foram aprovadas as Normas de Funcionamento do “FIAPE.ARTES DECORATIVAS 2009", que decorrerá em paralelo com a "XXIII FIAPE - Feira Internacional de Agro-Pecuária de Estremoz" e com a "XXVII Feira de Artesanato", de 29 de Abril a 3 de Maio do corrente ano;
4 - Foi aprovada a celebração do protocolo entre o Município e a ACORE - Associação de Criadores de Ovinos da Região de Estremoz, que tem por objecto regulamentar as relações entre as partes outorgantes em matéria de concessão de apoios financeiros e organização da vertente de pecuária no âmbito da realização da XXIII FIAPE - Feira Internacional de Agro-Pecuária de Estremoz;
5 - Foi deliberado conceder um subsídio de 36.000,00 € à Paróquia de Santo André de Estremoz, para apoio à realização das Festas da Exaltação da Santa Cruz/2009;
6 - Foi fixado em 16,00 € o preço por metro quadrado para venda de lotes de terreno da Zona Industrial de Estremoz e deliberado proceder à venda, através de hasta pública, do Lote n.º 74;7 - Foi fixado em 1,70 € o preço por metro quadrado para venda de lotes de terreno do Loteamento Industrial de Veiros e deliberado proceder à venda, através de hasta pública, dos Lotes n.os 4, 31, 32, 33, 38 e 39;
8 - Foi aprovada a minuta do contrato da Empreitada de "Execução de Edifício Comercial e Espaço Público Contíguo (área do Mercado do Peixe)" e autorizada a celebração do contrato com a empresa adjudicatária do concurso;
9 - Foi aprovado o Projecto de “Beneficiação da EM 508-2 entre o Cerejal e a EM 508”, o Programa de Concurso e o Caderno de Encargos da empreitada de “Beneficiação da EM 508-2 entre o Cerejal e o EM 508”, efectuar concurso público para a empreitada e nomeado o respectivo júri para acompanhamento;
10 - Foi aprovado o projecto de "Requalificação da Envolvente aos Blocos Militares na Rua António José de Almeida";
11 - Foi aprovada a celebração do contrato entre o Município e os senhores Sónia de Jesus Plácido Linhol, Manuel Francisco Matos Gomes e José Joaquim Espiguinha Russo, referente à realização de obras de infra-estruturas correspondentes à criação de acesso viário à Courela do Poço Coberto, na freguesia de Santa Maria.

O Gabinete de Imprensa imprensa@cm-estremoz.pt
Nota de imprensa Nº 397 01 de Março de 2009

Estremoz - Quem prometeu em 2005




Criaremos condições para a construção de parques de estacionamento nas zonas históricas.

domingo, 1 de março de 2009

Estremoz - Quem prometeu em 2005



Asseguramos a construção da variante a Estremoz do IP2, cuja construção reivindicámos de imediato junto do Governo.