quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Estremoz - Plantel do CFE em desabafo

Recebi este comentário num outro post, mas como entendo que deve ser primeira página, divulgo-o como post principal.

ESPEREMOS QUE TENHA SIDO UM MAL ENTENDIDO...


Desde já quero realçar que este "desabafo" é da inteira responsabilidade dos jogadores do plantel sénior, do qual eu faço parte.Para que percebam a nossa indignação eu passo a explicar: o plantel sénior tem 3 treinos por semana (3ª, 5ª e 6ª feiras). Nas 3ª e 5ª feiras só temos o campo de futebol 11 disponível das 20H00 às 21H00 (depois das 20H00 porque é quando terminam os treinos das camadas jovens e até às 21H00 porque é quando começa o treino da equipa do São Domingos).

Só nas 6ª feiras é que podemos treinar mais tempo porque somos a única equipa a treinar depois das 20H00, normalmente aproveitamos para fazer um treino conjunto e ficar mais um pouco a treinar determinadas situações que não temos tempo durante o resto da semana.

Na passada 6ª feira quando entramos no campo para o último treino da semana, qual não é o nosso espanto quando deparamos com a equipa do SC Arcoense a aquecer no meio do campo de futebol 11. Tentamos nos inteirar da situação e o que nos foi informado por parte dos responsáveis da equipa do SCA foi que "alguém" responsável na Câmara Municipal de Estremoz lhes tinha atribuído metade...sim volto a repetir... metade do campo de futebol 11 para treinarem (no mesmo horário que nós) e que já tinham falado com o mister Mourão (o que viemos a apurar não corresponder à verdade).

Tentamos remediar as coisas e como não tinha lógica nenhuma duas equipas treinarem em meio campo cada uma, propusemos um jogo conjunto o que foi negado de imediato por parte dos responsáveis do SCA. Depois de uma breve conversa entre nós jogadores do CFE e tendo em consideração que até conhecemos e somos amigos da maioria dos jogadores do SCA e para as coisas não "azedarem" mais, decidimos abandonar o campo pois não havia condições para treinar. Quando íamos a sair do campo qual não foi o nosso espanto quando alguém do SCA nos chama e diz que afinal já queriam fazer o jogo treino connosco...já com metade dos jogadores no balneário e a outra metade nas escada que dá acesso aos mesmos...é lógico que não aceitamos, porque já não somos nenhuns miúdos e nem gostamos de ser tratados como tal (não foi "birra" como mais tarde foi dito por alguns atletas do SCA).

Queriamos só deixar algumas ideias no ar, sem querer melindrar ninguém:

1º Na vossa casa mandam vocês, na nossa madamos nós.

2º Será que quando a Câmara Municipal vos atribuiu "metade do campo" não se estaria a referir ao campo de futebol 7 e vocês não entenderam??? É que durante a semana o São Domingos começa o treino no campo de futebol 7 e depois às 21H00 quando nós saimos passa para o de futebol 11 e nunca houve "confusão"...

3º Porque é que não fizeram esse treino à 4ª feira já que o campo está livre depois das 20H00 (segundo consta).

Ao plantel sénior do CFE não interessa quem teve a culpa desta confusão, se foi a CME, se foi o SCA ou se foi o próprio CFE, nem queremos criar "guerras" com ninguém, o que nos interessa é que este tipo de situações não se voltem a repetir...porque fomos muito mal tratados na nossa própria casa.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Estremoz - A água que sai das torneiras

Este é o estado da água que está a sair das nossas torneiras, não sei se será rotura, mas, depois de alertado por um comentário efectuado por um leitor do blogue, que passo a transcrecer "Eu não ouvi nem sabia do debate mas uma coisa vos digo , é que de domingo para cá a água que corre nas torneiras de mendeiros (rua jose felix ribeiro) sai castanha, embora noutras zonas da cidade isto já aconteça à mais tempo. Eu só gotava de saber se algum membro da câmara já avisou as pessoas desta cidade que a água estará imprópria para consumo, não sou analista de águas mas pela cor é impossivel estar boa."nada melhor que verificar e o resultado foi este. Lá vai haver falta de garrafões de água nas superficies comerciais pois esta água até para confeccionar a alimentação não me parece que seja a ideal quanto mais para beber, a não ser, para termos a ilusão que estamos a beber chá ou uma velha laranjada.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Coisas confusas

Se há coisas que me deixam confuso são estas, em determinados locais suspendem-se os concursos abertos no ano passado por não estarem concluídos, em outros, continua-se a publicar a abertura de concursos com despachos de 2008. Sinceramente não percebo.
deixo aqui parte do aviso publicado hoje em DR (para ler completo)
CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM
Aviso n.º 2488/2009
Concurso interno de acesso geral para provimento de 1 lugar de técnico superior de 1.ª classe, do grupo de pessoal técnico superior
1 — Torna-se público que por despacho da Sr.ª Vereadora, com competência delegada na área dos Recursos Humanos, datado de 28.11.2008, se encontra aberto, pelo prazo de 10 dias úteis a contar da data da publicação do presente aviso, concurso interno de acesso geral para provimento de 1 lugar de Técnico Superior de 1.ª classe do grupo de pessoal técnico superior, remunerado pelo escalão 1, índice 460 ou o que resultar da regra constante do artigo17 do Decreto-Lei n.º 353-A/89, de 16/10.
2 — A validade do concurso esgota-se com o preenchimento do lugar posto a concurso.
3 — O local de trabalho situa-se na área...

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Estremoz - Debate sobre a água na Rádio Despertar




Foi um debate fértil em opiniões e com algumas gralhas como se impera.



As conclusões quanto ao futuro foram as seguintes:




Luís Mourinha - Procurar soluções com novos furos. Reparação da rede cretiriosamente.
Barragem de Veiros, com estação de tratamento e em vez de ser reserva, passar a ponto de abastecimento principal as chocas, passarem a sistema de apoio ou reserva.
CDU - A Barragem deve ser a fonte as outras soluções, devem ser uma alternativa de reserva.
CDS - A água em baixa deve manter a Municipalização, em que o município explora ou entregue a uma empresa tipo EDECE com parcerias publico privadas, efectuar um plano faseado de recuperação da rede.
PS - Não houve adormecimento por parte do executivo, fizemos um furo novo e aprofundamos outro, vamos continuar a procurar novas captações e injectar na rede preferencialmente aos depósitos, vamos fazer uma conduta da zona industrial até ao campo da feira.Optimizar o sistema, para ver onde há fugas.

PSD - As medidas apresentadas pelo executivo vão dar frutos no futuro no entanto, quanto à poupança da água, a primeira entidade a ser responsabilizada deve ser o Município, intervindo atempadamente na resolução das avarias.
É importante apostar nas águas superficiais e é preciso ter em atenção que a barragem de Veiros, se destina a fins agrícolas.
A longo prazo, é importante apostar na barragem Frei Joaquim, que é em termos de custos a que permite ter água por gravidade no concelho e sendo somente necessário bombear agua para Évoramonte.
José Alberto Fateixa - Realismo, humildade e convicção.
Realismo - Assumimos que temos falta de água
Humildade - Delinear uma estratégia
Determinação - Com empenho fazer tudo o que é possível.
Realismo - Nenhuma Câmara Municipal, nem agora ou no futuro, pode pensar em fazer a Barragem Frei Joaquim.
imagem:albino carrasquinho 21/04/2005

Estremoz - Runião da Câmara Municipal de 21/01/2009



ASSUNTOS TRATADOS:




1 - Foi aprovado o Programa de Voluntariado da Academia Sénior de Estremoz, que define os termos em que os docentes desenvolvem acções neste organismo;

2 - Foram aprovadas as Normas de Funcionamento da "XXIII FIAPE", que se realizará de 29 de Abril a 3 de Maio de 2009;

3 - Foram aprovadas as Normas de Funcionamento da "XXVII Feira de Artesanato", que se realizará de 29 de Abril a 3 de Maio de 2009;

4 - Foi ratificada a assinatura de um Contrato de Consórcio com vista à execução da iniciativa "Alto Alentejo: destino sustentável de cultura e natureza", no âmbito do "PROVERE - Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos";

5 - Foi ratificada a assinatura de um Contrato de Consórcio que visa a execução do Programa de Acção identificado na Candidatura “Estratégia de Eficiência Colectiva e Programa de Acção PROVERE para a Zona dos Mármores”, apresentada à Autoridade de Gestão do Programa Operacional Regional do Alentejo - INALENTEJO;

6 - Foi deliberado atribuir um subsídio no valor de 17.500,00 € à Sociedade Filarmónica Artística Estremocense, como entidade gestora da verba no âmbito da Comissão Organizadora do Carnaval de Estremoz no ano de 2009;

7 - Foi deferido um pedido de Flávio Manuel Parreira Silva, para ocupação de espaço público no Rossio Marquês de Pombal (zona em terra junto às instalações sanitárias) com uma tenda para realização de festejos carnavalescos de 20 a 24 de Fevereiro próximo;

8 - A Câmara deliberou não se pronunciar em sede de audiência prévia relativamente à Decisão Favorável de Financiamento com Alterações, da Comissão Directiva do "POVT - Programa Operacional Temático Valorização do Território" sobre o "Arrelvamento do Estádio Municipal José Gomes Palmeiro da Costa";

9 - Foi deliberado promover a discussão pública do projecto de alteração ao Regulamento Municipal de Repartição de Encargos Relativos a Operações Urbanísticas do Concelho de Estremoz;

10 - Foi aprovada a proposta relativa aos apoios a conceder no ano de 2009 às associações culturais e recreativas do concelho que apresentaram candidatura no âmbito do "PADA - Programa de Apoio ao Desenvolvimento Associativo";

11 - Foi aprovada a proposta relativa aos apoios a conceder no ano de 2009 às colectividades desportivas do concelho que apresentaram candidatura no âmbito do "PADA - Programa de Apoio ao Desenvolvimento Associativo".

O Gabinete de Imprensa imprensa@cm-estremoz.pt

Nota de imprensa Nº 394

26 de Janeiro de 2009

domingo, 25 de janeiro de 2009

sábado, 24 de janeiro de 2009

Estremoz - Central de compras e vendas de mármores

Segundo a Agência Lusa, a ASSIMAGRA, está interessada em avançar com o projecto de constituição de uma central de compras e vendas, com vista ao aumento de competitividade ao nível das exportações, estando no horizonte desta Associação a candidatura ao PROVERE - Zona dos Mármores e, beneficiar de tratamento preferencial no âmbito do QREN.
Esta nova forma de gestão, pretende devido às dificuldades de entrada em novos mercados a abertura de novas portas, mais competitivas, em mercados até hoje inexplorados e, com grande potencial económico.
Segundo Manuel Goulão da ASSIMAGRA, os empresários dos Mármores, mostraram-se receptivos e disponíveis para avançarem na consolidação desta central.
Não podemos esquecer, que o sector dos Mármores é um dos principais empregadores da região de Estremoz, Borba, Vila Viçosa e Alandroal sendo a sua produção de blocos exportada para todo o mundo, tendo como principais compradores a Arábia Saudita, China e Espanha.


INICIAIS


ASSIMAGRA - Associação Portuguesa dos Industrias de Mármores

PROVERE - Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos

QREN - Quadro de Referência Estratégico Nacional

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Estremoz - Ainda a água de abastecimento público

Do P.S. Estremoz, recebemos a seguinte Newsletter

“MISERÁVEL APROVEITAMENTO POLITICO”


Sobre o abastecimento de água a Estremoz, a Secção de Estremoz do Partido Socialista entende tornar público o seguinte:




1. Há anomalias no abastecimento de água no concelho. A situação não é de hoje e foi por isso, que, responsavelmente e em face da inoperância da AMAMB, o actual executivo propôs, a adesão ao sistema multimunicipal das Àguas do Alentejo Central;
2. Importa recordar que esta proposta foi votada favoravelmente na Câmara e na Assembleia Municipal pelo PSD e pelo PS;
3. A situação é grave, o PS solidariza-se com a população afectada e reconhece e agradece publicamente o empenho dos trabalhadores municipais na resolução dos problemas.

4. Dizer que em 2005 herdámos uma situação catrastófica, é uma verdade, mas não serve de desculpa. O PS arregaçou as mangas e tem estado a trabalhar numa solução de futuro como se pode comprovar que em apenas dois anos, (2005-2007) o investimento efectuado em captação, tratamento e distribuição na rede de Estremoz, mais que TRIPLICOU.
5. Sobre este assunto a CDU, como é seu timbre, tentou baralhar os Estremocenses, sacudiu a água do capote e fingiu que nada tem a ver com problema. Não nos revemos nesta forma de fazer politica e muito menos no miserável aproveitamento politico. Se há coisa que a CDU se pode orgulhar em Estremoz é de ter deixado o sector do abastecimento de água sem organização e sem investimento
6. Se há coisa que a CDU se pode ufanar é de não ter sabido aproveitar os fundos comunitários para remodelar e modernizar a “velhinha” rede de abastecimento de água. Se há coisa que a CDU se pode gabar é de ter desviado verbas para o arranjo do Rossio e para construção do Parque de Feiras e nem essas obras ter conseguido terminar.
7. Enquanto a CDU se entretém com baixa politica, os eleitos do PS estão a resolver o problema:
  • Com novos furos nas localidades de Veiros e Arcos.
  • Aumentando os pontos de captação na cidade de Estremoz.
  • Autonomizando equipamentos colectivos de uso público.
  • Abrindo um novo furo nas Chocas (RA 1).
  • Aprofundando o furo JK 4 nas Chocas.
  • Abrindo um novo furo no Estádio Municipal.
  • Construindo novos ramais, substituindo condutas e projectando novos depósitos.

Com rigor, empenho e seriedade, Estremoz estará ainda Melhor no Futuro. Confiem em Nós.

Estremoz, 21 de Janeiro de 2009

A Secção de Estremoz do Partido Socialista

http://www.psestremoz.com/

Estremoz - comunicado do MiETZ

Venho por este meio solicitar que divulgues no teu blog "Estremoz em Debate", um comunicado do MiETZ - Movimento independente por Estremoz, encabeçado pelo Luis Mourinha, sobre a temática da água no concelho de Estremoz, e em especial tendo em conta a realização da conferência de imprensa promovida pela CME.


Um abraço,


CONFERÊNCIA DE IMPRENSA SOBRE A ÁGUA

Na sequência da conferência de imprensa dada pela actual gestão da Câmara Municipal de Estremoz, no passado dia 19 de Janeiro, acerca da problemática da falta de água no concelho de Estremoz, parece ter ficado claro por que motivo não há água nas torneiras dos Estremocenses. Trata-se de mais uma demonstração da incapacidade do actual executivo para resolver os problemas que nos afectam a todos. Senão, vejamos:
1 – Desde 2006 que as captações começaram a extrair menos água e todos os meses a sua capacidade diminuía, segundo a informação dada pelo Presidente Fateixa;
2 – Apesar de se verificar esta situação, nada fizeram para a alterar, nem para a tentar resolver, até Janeiro de 2009;
3 – O Sistema de Telegestão só tem informação sobre uma bomba de água e de nada adianta colocar um quadro para Telegestão na captação do Álamo se o sistema não funcionar;
4 – O executivo informou que um dos problemas reside no facto de a água não ser canalizada directamente da captação das Chocas para os novos depósitos junto à zona industrial de Estremoz. Isto não corresponde à verdade, pois o que acontece é que, por iniciativa da actual gestão camarária, é utilizado o bypass próximo da Frandina, originando que a água não vá directamente da captação aos depósitos;
5 – Dizia há pouco tempo o Vereador do Pelouro das Obras Municipais que esperava que chovesse para minorar o problema. Vem agora a público dizer que, mesmo que chova, a água pode demorar muitos anos a chegar aos furos. Afinal em que ficamos?
6 – Podem também explicar como é que diminuindo as captações de água aumentam os metros cúbicos tratados nas Chocas?
7 – O presidente Fateixa desculpa-se ainda com o argumento de que se o concelho de Estremoz tivesse entrado para o Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Águas (Águas do Alentejo Central), parte deste problema já estaria resolvido. Não é assim: se o Partido Socialista, na altura no Governo, tivesse aprovado os dois sistemas (Multimunicipal e Intermunicipal) hoje este assunto estaria resolvido e ficaria bem mais barato aos Estremocenses. Quanto vai custar, em Janeiro do próximo ano, o metro cúbico de água?
8 – O que efectivamente lhes interessa é a passagem da rede de abastecimento em baixa para as Águas de Portugal, sem concurso público, para depois mais tarde ser concessionada a privados, como aconteceu com a Aquapor, comprada recentemente pela Bragaparques, sem que os municípios recebessem um cêntimo. Trata-se de tornar a água em mais um rentável negócio privado, em que os beneficiados são sempre os mesmos…
9 – Por outro lado, porque não está ainda construída a Barragem de Veiros? As promessas sucedem-se e o que é facto é que não se vislumbra para um futuro próximo a entrada em funcionamento do abastecimento a partir desta albufeira.
10 – Finalmente, não há desculpas credíveis por parte do executivo, uma vez que os funcionários do sector avisaram em devido tempo. Porque não foi resolvida a situação? Uma vez mais são os Estremocenses, privados de um bem essencial a que têm direito, a pagar pelos erros deste executivo.
Os Estremocenses merecem mais e melhor.

Luís Filipe Pereira Mourinha
Candidato Independente à Câmara Municipal de Estremoz / Autárquicas 2009
21 de Janeiro de 2009

Estremoz em debate - Wally à procura...


O Wally está feito num oito na busca incansável do lambão.

Olhem para a imagem e vejam se o encontram.>

Claro que estou a falar do lambão

Já encontrou? Não, então clique na imagem e tem a primeira pista...

Bem o lambão está ali

<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Estremoz - Verão e a água

Segundo fontes do Município em declarações à LUSA, irão ser executados dois novos furos de captação de água na cidade de Estremoz com vista ao reforço do abastecimento publico.
Os furos, serão efectuados um na zona do Estádio Municipal e outro na zona das Piscinas Municipais.

As duas freguesias Arcos e Veiros, com maior consumo e também abastecidas pela captação das Chocas, irão ser contempladas com a abertura de furos, para reduzir o consumo da principal fornecedora de água à cidade e dotar em termos de autonomia de recursos as mesmas.

Quanto à barragem de Veiros, continuamos à espera que se execute pois é uma obra vital para o abastecimento ao concelho, estando esta dependente da vontade do poder central que para a FIAPE, irá outra vez ser motivo de discurso mas, normalmente fica por esse acto.

Era bom agarrar o Plano Nacional da Água do tempo de António Guterres e, avançar com a barragem Frei Joaquim, seria em termos ambientais a que menos custos energéticos teria e daria para abastecer 95% da população do concelho por gravidade, sendo somente necessário bombear água para Evoramonte.

Soluções há, haja vontade para as implementar no terreno.
Imagem: www.ineti.pt

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Uma nova era começa

No momento da colocação deste post está a ser feita história nos Estados Unidos, pela primeira vez um Presidente de origem Afro-Americana, toma posse.
Barack Obama, irá tomar o leme deste País que é o motor das economias mundiais e o grande centro de decisão em relação à paz Mundial, recebe das mãos do seu antecessor W. Bush, um país num estado de recessão económica e em guerra em diversas frentes às quais, Obama, se comprometeu a procurar resolver no mais curto espaço de tempo. Fica também nas suas mãos a resolução de um efeito colateral que Bush deixou, o finalizar do conflito do Médio Oriente, conflito este sempre apoiado pela administração dos Estados Unidos da América. O conflito Israel-Palestina, esteve perto da resolução durante a Administração Clinton, esperamos que seja desta vez que se veja a luz ao fundo do tunel e não voltemos, a ter imagens como estas na faixa de Gaza ou mesmo no mundo, onde bombas proibidas aos exércitos, são impunemente utilizadas pelos Israelitas.
Fotos : Sites de campanha Obama, foto jornalista Mohammed Abedd e http://galizacig.org/imxact/2004/10/bush_usa_freedom_corps.jpg

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Estremoz - Greve de professores



Ás 10 horas da manhã, era este o ponto de situação efectuado pelo SPZS relativamente a Estremoz

  • EB2,3 Sebastião da Gama - Estremoz: 93,3%
  • Escola Sec 3/Rainha Santa Isabel 88,46%





Estremoz - Tempo para pensar...

Como está de chuva, nada melhor para relaxar um pouco que escutar a " Pedra Filosofal "

domingo, 18 de janeiro de 2009

Estremoz - Estação volta a abrir na próxima semana


Rodoviária do Alentejo reabre na próxima semana assim noticiava o :
"Diário Digital - Lisboa,Portugal
As instalações da Rodoviária do Alentejo em Estremoz encerradas no início deste mês pela empresa, deixando os utentes sem local de abrigo, ..."

Depois da onda de protestos, reclamações e outras iniciativas de carácter institucional, parece que a velha estação da CP irá reabrir as portas ao público na próxima semana, com o Município a suportar os custos de arrendamento das instalações e alguns arranjos, que se julgam necessários para o bom acolhimento dos passageiros.

Segundo é referido na noticia, a Rodoviária Alentejo irá disponibilizar um funcionário para a venda de bilhetes, fica aqui uma duvida: serão só bilhetes da Rodoviária Alentejo ou também estarão incluídos os da Rede Expressos? Actualmente, estes estão à venda num café a 150 metros da estação.
Mais uma vez, poderemos dizer que o Município tomou uma posição em defesa dos seus munícipes, com vista à resolução de uma situação que não era digna para quem utiliza transportes públicos.
Imagem "sai-tedaqui.blogspot.com"

Estremoz em debate

Está a ser feita uma pequena remodelação no blogue, pelo que pedimos desculpas se algumas coisas desaparecerem, mas é o risco que se corre quando se altera este tipo de formatos.
Já agora tenho backups do anterior para os críticos.

sábado, 17 de janeiro de 2009

Resposta a comentário no Estremoz Revisited

Este comentário chegou a um blogue da nossa praça, pena seja, que não tivessem tido a coragem de me enviar o mesmo, pois até seria colocado na página principal.



"O Albino esclarece tudo menos o dia em que saiu pela porta pequena da CDU digam-lhe a ele pra gente se rir um bocadinho"



Bem pela porta pequena? Não vejo porquê! Se até estava convidado para fazer parte da lista para Santa Maria.



Se se quer rir coloque uma bola vermelha no nariz, passe um pouco de tinta branca pela face, faça um traço a preto no contorno dos lábios e, olhe-se ao espelho.



Para ficar esclarecido e, a população de Estremoz perceber os motivos porque saí do PCP após 30 anos, é melhor clicar em cima das imagens seguintes, que são as digitalizações que fundamentaram a minha renuncia à Militância Comunista.

Continuo a ser de Esquerda participei no projecto do Bloco de Esquerda para Estremoz e se se recordarem a seguir às Autárquicas a minha participação foi no projecto de Manuel Alegre à Presidência da Republica onde também dei a cara ao contrário de muitos que em Estremoz eram todos Mário Soares e depois estavam no comício em Évora num apoio claro a Manuel Alegre, Ficamos por aqui porque para lavar roupa aproveita-se o Lavadouro Municipal para isso e estamos a economizar energia.

Estremoz - Volta a transparência na AP

Bem, como há gente que pensa que quando mandamos os artigos para o ar estamos na razão da falsidade e de dizer mal, passamos a elucidar um pouco melhor pois deveriam fazer o trabalhinho de casa.

Em primeiro lugar, o site que divulgamos da transparência não é mais que um ordenador por busca do que pretendemos encontrar visto que, na base de dados do Governo, o mesmo motor de busca não funciona.


Em segundo lugar, o que lá está é o que está na base de dados oficial.


Em terceiro lugar, é alertado pelo motor de busca que não se responsabiliza por erros pois faz a transcrição na integra do que está na base de dados oficial.


E como tive de fazer o trabalho para alguns que só sabem dizer mal dos bloguers, mas, dizem única e exclusivamente no anonimato não tendo a coragem de dar a cara e assumir o que escrevem, pois muitas vezes não conseguem provar o que dizem e daí, a sua credibilidade ser nula.


Ora bem, aqui vão duas digitalizações e os links, basta carregar na imagem para ficar ligado ao site e pode ter a certeza que é gov.pt e, muito possivelmente o Dr Luís Assis, consultou esta base de dados para sustentar as suas afirmações no jornal Brados do Alentejo.( Hoje a 2ª digitalização é a página 238 portanto é só ir até lá amanhã poderá ser outra caso sejam registadas mais obras)

Confesso que eu também tinha esta ideia do valor referenciado pelo candidato do CDS-PP, pois tinha consultado a base de dados em causa e de facto tinha lá visto duas adjudicações, pensei que pudesse tratar-se de facto de duas obras e não de uma.
«No entanto se consultar todas as linhas relativas ao Município de Estremoz, vai ver obras duplicadas.
Penso ter contribuído para o esclarecimento deste assunto.

Já agora aqui ficam os links do que está na realidade na base de dados oficial ( assinalado a vermelho são repetições e podem ter valores diferentes)

Município de Estremoz Fornecimento e Montagem de Parques Infantis
Município de Estremoz Sistema de Desnitrificação de Água
Município de Estremoz Aquisição Mobiliário de Escritório
Município de Estremoz Aquisição de “Solução de Software para a SASU e GAJ”
Município de Estremoz Serviço e Fornecimento de Catering para o Jantar de Natal dos Funcionários do Município
Município de Estremoz Serviço e Fornecimento de Catering – Estremoz Solidário
Município de Estremoz PROJECTO DE ARRANJOS EXTERIORES – RUA MACHADO DOS SANTOS
Município de Estremoz PROJECTO DE ARRANJOS EXTERIORES – BAIRRO DA COBATA
Município de Estremoz ILUMINAÇÃO NATALICIA PARA ARRUAMENTOS NA CIDADE DE ESTREMOZ
Município de Estremoz ILUMINAÇÃO NATALICIA PARA ARRUAMENTOS NA CIDADE DE ESTREMOZ
Município de Estremoz EDIÇÃO DE 1500 DVD’S DO TRABALHO DISCOGRAFICO A GRAVAR PELO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ESTREMOZ
Município de Estremoz Aluguer de Viatura para Recolha de RSU
Município de Estremoz Aluguer de Viatura para Recolha de RSU
Município de Estremoz Concerto sinfónico com a Orquestra do Algarve, a ter lugar no dia 25 de Outubro de 2008 pelas 21h00 no Teatro Bernardim Ribeiro, em Estremoz.
Município de Estremoz Concerto sinfónico com a Orquestra do Algarve, a ter lugar no dia 25 de Outubro de 2008 pelas 21h00 no Teatro Bernardim Ribeiro, em Estremoz.
Município de Estremoz Aquisição de Solução Completa de Bilhética para o Parque de Feiras e Museu Municipal
Município de Estremoz Reparação de viatura - 02-32-CF
Município de Estremoz Reparação de viatura - 02-32-CF

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Estremoz - Voltando à Rede Expressos

A vergonha continua. Há bilhetes no café de facto, mas os mesmos são passados manualmente pelo agente até aqui nada de importante, mas se confrontados com esta situação especifica:
"Descontos Praticados" "A RNE faculta os seguintes descontos, em qualquer dia da semana:
Cartão Jovem - 5%;
Maiores de 65 anos - 5%;
Bilhete de Ida/Volta - 10%."

O agente aqui fica de pernas partidas e ainda, recebe de resposta da coordenação de agentes da RNE "se quiserem viajar com o bilhete normal viagem senão arranjem outra maneira de viajar" quando indagados sobre o assunto. Isto demonstra uma falta de respeito pelo consumidor e penso que uma empresa como a Rede Expressos, deveria elucidar os seus utentes que existem outras formas de adquirir o bilhete inclusive através da Internet e que, o mesmo bilhete pode ser impresso em casa ( Isto claro se tiver serviço internet em casa e posssibilidade de pagamento electronico por transferencia bancária), seria mais justa uma resposta destas do que a velha, do desenrasca-te.
Perante aquela resposta e desconhecendo no momento que poderia fazer a compra pela Net, optei por adquirir o bilhete de ida que me custou 13 Euros e depois, adquiri outro de volta que me custou 13 Euros, logo perdi o desconto de 10% no montante de 2,6 Euros.
Fica aqui uma questão: " onde está o direito de igualdade de tratamento dos cidadãos ? " que está consagrada na constituição, assim sendo, fiz o que deveriam fazer todos os Estremocenses, pedi em Sete Rios o livro de reclamações e apresentei a minha reclamação pela situação.
Deixo aqui a digitalização da reclamação pelo mau serviço prestado pela Rede Expressos.Para terminar, é ingrato que tenha de estar à chuva à espera de um autocarro quando está uma estação fechada.

Estremoz - Transparência na AP

Depois de ter visto a noticia do erro grosseiro que o Jorge Pereira publicou no seu blogue, visitei o site em causa e para transparência tem muito pouco, visto que para números de entradas diferentes, tem o mesmo serviço e a duplicação de valores, o que pode induzir em erro quem comenta ou escreve em jornais ou blogues,determinado tipo de noticias. Assim Luís Assis, talvez não tivesse errado na opinião que deu no Brados do Alentejo, pois a fonte de onde retirou os elementos estaria errada no que se supunha ser transparente, e nem mais nem menos que dois zeros no final, acrescentou uma diferença de uns milhares de euros.
Será que quem coloca estes dados não tem responsabilidades?

Foram assinaladas as duplicações e como podemos observar, têm numero de entrada diferentes.

Há que ter cuidado com este tipo de informação que se pretende credível, mas que assim, nos deixa a desconfiar.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Gaza - e os direitos humanos

Não estava com ideias de escrever sobre este assunto mas, vamos lá.
A autodeterminação dos povos é uma realidade, o facto é que para os lados da Palestina isso não é muito viável por causa dos Judeus e, se voltarmos aos anos 30, que eu saiba não existia Israel, estes seres humanos que vitimizados pelo Nacional Socialismo, ao terem quebrado o financiamento prometido a Hitler de uma guerra megalómana, estão hoje a fazer aos que os acolheram na década de 40, o mesmo que lhe fizeram a eles, o extermínio ou a tentativa de extermínio.

Lembro-me, quando era miúdo se utilizar um termo " ESTÁS ARMADO EM JUDEU" e, este termo era utilizado quando estávamos a fazer algo contra natura, assim sendo, poderei dizer que os Israelitas estão armados em judeus com o povo Palestiniano.

Gostaria ainda de referir, que se fossem os Árabes a utilizarem as bombas que se vêm na foto, ( esquerda Net) já tinha havido uma condenação pelo mundo civilizado, de que as mesmas eram ilegais, mas como são os senhores da guerra e do dinheiro, tudo lhes é perdoado não interessando se 50 % dos mortos são cidadãos civis, 25 % são crianças e os restantes da facção a que chamam terrorista mas, que venceu umas eleições e está no poder de pleno direito, ou, aí as eleições já não valem.
Será que para o Povo Palestiniano, não existem DIREITOS HUMANOS?
Será que Israel, não tem de cumprir as determinações da ONU?
Será que Israel, agarrou a oportunidade da Casa Branca estar de mudança para medir o pulso ao novo Presidente dos EUA?
É um facto, que eles estão-se borrifando para a comunidade Internacional, farta de pedir que terminem com este massacre, gostava de ver se os países Islâmicos se unissem e, entrassem em guerra com eles, se depois pediam ajuda a quem não ligaram e se estes os apoiariam?

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Aumentos da Administração Pública 2009

Estes são os ÍNDICES 100 PARA 2009 nas diversas carreiras da Administração Pública, de notar que a linha a vermelho diz respeito aos funcionários Autárquicos e não só, mas sem duvida é bastante justa ( para a maioria dos Portugueses) em termos de igualdade e comparação com os outros índices 100, talvez se perceba por aqui as guerras que tem havido nas politicas salariais do Governo, é que estes é que são os verdadeiros contribuidores para a queda do PIB.
Já agora 2,9 % de 343€ não são os mesmos 2,9 % 5.518€ aqui se vê a justiça do aumento.
Já agora o Salário Minimo Nacional é de 450€ e a Retribuição Minima Mensal Garantida (AP) é de 450 €


Carreiras de regime geral e regimes especiais (*) .......................................................................343,28
Dirigentes .......................................................................................................................................3.734,06
Diplomatas ......................................................................................................................................1.282,94
Dirigentes da Inspecção-Geral de Finanças ..............................................................................4.661,15
Pessoal da carreira de inspecção de alto nível da Inspecção-Geral de Finanças ..................1.764,35
Docentes universitários, do ensino superior politécnico e de investigação científica ...........1.636,83
Docentes de educação pré-escolar, básico e secundário .............................................................909,36
Inspecção superior de educação ....................................................................................................909,36
Magistrados Judiciais e do Ministério Público ..........................................................................2.549,91
Médicos ..........................................................................................................................................2.145,78
Enfermagem .....................................................................................................................................894,79
Diagnóstico e Terapêutica ...............................................................................................................894,79
Pessoal de medicina legal ................................................................................................................667,94
Pessoal de Investigação Criminal ..................................................................................................825,49
Pessoal de Apoio à Investigação Criminal ....................................................................................667,94
Pessoal de chefia da Polícia Judiciária ..........................................................................................667,94
Pessoal Técnico do Serviço de Informações de Segurança ........................................................715,85
Técnicos Superiores de Saúde ....................................................................................................1.352,68
Militares das Forças Armadas .......................................................................................................609,13
GNR, PSP, e Guardas Prisionais ....................................................................................................609,13
Bombeiro municipal .........................................................................................................................479,37
Bombeiro sapador ............................................................................................................................616,60
Pessoal de Investigação e Fiscalização do SEF ............................................................................830,08
Pessoal de vigilância e segurança do SEF .....................................................................................460,35
Serviço Informações Estratégicas de Defesa e Militares (SIEDM) ...........................................715,85
Pessoal Dirigente do Corpo Especial de Fiscalização e controlo do Tribunal de Contas ......5.518,16
Auditores/Consultores do Tribunal de contas ..........................................................................2.549,91
Técnicos Verificadores Superiores e Téc. Verif. do Corpo Especial de Fiscalização
e Controlo do Tribunal de Contas ................................................................................................1.237,88
(*) que não tenham sido objecto de extinção, de revisão ou de decisão de subsistência


Dados Direcção Geral do Orçamento

Estremoz - Novos blogues

Como estão com actualizações há mais de um mês, decidi publicitar dois novos blogues que se encontram a participar no espaço de discussão da blogoesfera estremocense - o "Estremoz Revisited" e o "Desalinhados", espero que continuem por cá a fazer o barulho que se impõe, dizendo: " VERDADES A RIR, AOS QUE NOS MENTEM A SÉRIO"

Para aceder aos blogues clique na imagem do respectivo.




domingo, 11 de janeiro de 2009

Estremoz - Do PSD recebemos a seguinte opinião

Amigo Albino agradeço que publique no seu blog (se achar pertinente, obviamente) ou como comentário do seu post sobre a escassez de água nas torneiras dos munícipes de Estremoz a posição do PSD - Estremoz referente ao assunto anteriormente referido.
-- Saudações Social-Democratas
O Presidente da Comissão Políticada Secção do PSD de Estremoz
Nuno Filipe Q. Rato
"Uma atitude, um rumo, uma meta!"

Estremoz 2009





A falta de água em Estremoz...
Opinião da Comissão Política do PPD/PSD – Estremoz

Do que nos é permitido saber o sistema aquífero de Estremoz constitui um grande lago subterrâneo. Água não falta. Pode estar é a maior profundidade (70 a 80m) ou, com a pouca pluviosidade registada, os níveis normais não estarem em todas as zonas de captação repostos.
Também temos conhecimento que as Chocas, ou melhor os furos de captação lá existentes, têm sido explorados até à exaustão. De igual forma, tivemos conhecimento que a Câmara Municipal de Estremoz (CME) negligenciou o aprovisionamento de materiais e não faz a manutenção dos contadores. Também é por todos sentido que a CME foi eficaz a subir as tarifas da água.
Nós PSD alertámos, desde há muitos anos, para a prioridade que os executivos camarários tinham que dar à resolução desta problemática. Nós sempre quisemos ver a situação resolvida ou os problemas minurados, a bem da população de Estremoz. De tal forma que, por exemplo, no início deste mandato o PSD resolveu “passar um cheque em branco” ao actual executivo ao permitir a adesão do município ao sistema multimunicipal das Águas-do-Centro-Alentejo (AdCA), pois constatámos que o anterior sistema (AMAMB), em 12 anos não serviu convenientemente ao Concelho. Era uma nova oportunidade.
Acreditámos nas promessas feitas pelo executivo PS da Câmara (“Com a adesão a este sistema vimos resolver o problema das pessoas e manter a água pública...” - afirmou o Presidente da CME Dr. José Alberto Fateixa), bem como nas palavras de administradores da AdCA, que nos garantiram, na Assembleia Municipal de 21/07/2006, que num curto espaço de tempo começariam as obras nas infrastuturas (inicialmente o abastecimento de água em alta – da captação aos depósitos), diminuindo assim o problema da falta de água aos munícipes/consumidores.
Na verdade, passou todo este tempo, e a CME e a AdCA não cumpriram o prometido. Mais grave ainda, a CME não pressionou a AdCA para acelarar o processo, dormiu descansada à sombra da assinatura do protocolo de adesão, julgando assim que o problema ficasse resolvido. Mais grave ainda, a CME não teve, ao longo de todo o mandato, a iniciativa de realizar quaisquer obras de melhoramento da rede pública de abastecimento de água (tanto em alta como em baixa).
Como é habitual neste executivo PS, em três anos, limita-se a pedir pareceres ou a fazer estudos. Mas obras concretas, nada vezes nada.
Por tudo o que referimos, conclui-se que o actual executivo da CME não teve sensibilidade para gerir este recurso tão precioso – a água, desresponsabilizando-se da resolução dos problemas existentes.


Nuno Filipe Q. Rato
Presidente da Comissão Política da
Secção do PSD de EStremoz

Estremoz, 5 de Janeiro de 2009

sábado, 10 de janeiro de 2009

Estremoz - Património edificado do Estado

Proprietário - Ministério da Justiça ???


Destino - Habitação de Juízes ???


Situação - Abandonada...


Seja, pelo matagal que se vai criando em seu redor, pelo mau estado de conservação, ou pelos OKUPAS que vai tendo,este edifício numa das zonas nobres da cidade há muito que se encontra votado ao abandono.


Hoje parei para apreciar e fotografar a arte rupestre que por lá se vai fazendo e que demonstra que o edifício se encontra ao Deus d'ará.


Na nossa terra,existe tanta gente a residir em habitações sem condições. Não seria uma boa ideia colocar estas casas num programa de alojamento a custos controlados? Hoje em dia, os juízes não utilizam estes edifícios, daí serem uma oportunidade, para se criarem mais umas salas de chuto não autorizadas.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Estremoz - Volta a marcar

Uma das marcas deste executivo é o novo terminal Rodo ferroviário, no entanto hoje deparei-me com uma situação que não esperava de todo.


Não havia bilhetes na estação e queriam que eu adquirisse um bilhete normal passado pelo motorista, fazendo valer os meus direitos de cidadão consumidor, exigi que me fosse vendido como é normal, o bilhete de ida e volta que beneficia de um desconto de 10%, o que em termos de euros é qualquer coisa como 2,40 .


Então fez-se luz e decidiu-se que adquiria o bilhete em Montemor Novo com partida em Estremoz, assim o fiz, não pude deixar de observar que nos avisos da viatura onde me deslocava, estava expressa a multa a que estava sujeito por circular na mesma viatura sem o respectivo titulo, em caso de inspecção à viatura.


Depois fui informado também, que amanhã haveria um café de Estremoz que venderia os títulos de viagem.


Os despachos, esses emigraram no inicio do ano, portanto encomendas pela Rodoviária nem pensar.


Será que o Município, foi informado deste fecho da agência da Rodoviária do Alentejo?


Será que, fazer o terminal rodoviário para estes senhores se justifica?


Será que, Estremoz já não merece ter um posto de atendimento da Rodoviária do Alentejo, sendo um dos maiores eixos rodoviários do Alentejo, pois aqui cruzam-se todas as rotas do interior Norte - Sul com as do Litoral - Interior?


Estremoz, está a Marcar muito mal para os lado da Empresa privada, gerente dos autocarros que passam cá pelo burgo.




Imagem "sai-tedaqui.blogspot.com"

sábado, 3 de janeiro de 2009

Estremoz - falta água nas torneiras

Um facto, é que Estremoz continua com falta de água e soluções visíveis, não se vislumbram.



Em 13 de Março de 2006 escrevi o texto que se segue:




Não poderia de deixar de estar mais de acordo com o Eng. Pacheco de Carvalho em relação, à construção da famigerada barragem de Frei Joaquim.

É verdade que a classe politica da nossa praça, continua a fazer ouvidos moucos, às vozes que se têm levantado no concelho de Estremoz, em prol da construção da barragem Frei Joaquim, no entanto, como se costuma dizer vamos escrevendo, que eles hão-de ficar fartos de nos ler e escutar.

De facto, no verão transacto, Estremoz esteve à beira de uma crise de abastecimento de água, no entanto conseguiu-se suplantar com o manancial do RC3, é sabido que as Chocas e o Sátiro já deram o que tinham a dar, no caso das chocas deve rondar os 30 anos que se está a explorar e sempre, sem procurar novas soluções, com a população e roturas a gastar uma média de 500 litros de água dia, é lógico que dentro em breve das torneiras só sairá AR.

O poupar nesta altura já não se impõe só no verão ou com cartazes apelativos ao bom senso, mas sim todo o ano, sendo revoltante muitas vezes ver gente a lavar quintais, com água abundantemente correndo levando as valetas a jusante, água de mar a mar.

É uso do povo, utilizar este tipo termos para exprimir quando uma ribeira enche, a verdade é que temos de poupar e esse termo, não se deveria utilizar neste tipo de artigo, mas também devemos acautelar, que o precioso líquido não falte nos próximos anos.

No entanto discordo das suas palavras no seguinte, os eucaliptos podem e devem ser retirados da serra, o que se está a fazer.

Deve sim seguir-se o projecto da Casa de Bragança, com a reflorestação com sobreiros, uma árvore que necessita muito menos água para a sua manutenção.

Quanto a custos energéticos da barragem Frei Joaquim, eles seriam praticamente nulos, devido à cota a que se situa a barragem, ela tinha condições para funcionar por gravidade e o único investimento energético, seria o das bombas de tratamento, que gastam o mesmo que uma simples televisão em funcionamento.

Esperamos que alguns políticos da nossa praça, leia o Brados do Alentejo ou este Blog e tenha a respectiva coragem politica que se impõe, para fazer ver junto das entidades gestoras da água do nosso País, que é urgente avançar com esta barragem, nem que seja por moções aprovadas em reunião de Câmara, Assembleia Municipal ou Assembleias de Freguesia, pois todas elas poderiam beneficiar desta estrutura.

De notar que até consta de Decreto Regulamentar, o que estarão à espera, para deitar mãos à obra?



Decreto Regulamentar nº 3/2002 de 4 de Fevereiro

--------------------------------------------------------------------------------

A existência de um número significativo de albufeiras de águas públicas, destinadas a fins públicos, como a produção de água para rega, a produção hidroeléctrica e o abastecimento às populações, permite que existam utilizações e condições para usos secundários recreativos e turísticos que importa ordenar, em particular no plano de água e nas áreas envolventes

.........................

Artigo 4º

Lista de albufeiras

Em anexo publica-se a lista de albufeiras, com indicação da respectiva linha de água ou bacia hidrográfica de que fazem parte e da classificação atribuída neste decreto regulamentar

.......................................

.ANEXO (a que se refere o artigo 4º)

Lista das albufeiras construídas ou em construção

Nome da albufeira Linha de água/bacia hidrográfica Classificação

................................................................

Frei Joaquim Ribeira da Têra/Tejo Utilização livre

..............................................................

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Estremoz - E houve fogo de artificio junto ao palito azul

Nesta terra sempre que alguém esteve no poder, houve a tendência de mudar as cores para azul e, não desvirtuando essa convicção, eis que este ano a suposta maior árvore do Alentejo em termos de iluminação de Natal, vestiu-se de Azul ao contrário do tradicional verde, que é característica da nossa vegetação. No entanto, esta simpatia pelo azul, poderíamos dizer recuando cerca de 17 anos no espaço temporal da nossa vida, que o mesmo aconteceu quando o nosso pavilhão municipal mudou repentinamente de verde para azul nas suas cores, enfim, esperamos que estas mudanças não cheguem à bandeira do município e que por lá vá vagueando o verde da esperança de termos um melhor 2009, que adivinha-se bem pior que 2008, em virtude de termos a recessão à porta e o conjunto de medidas para resolver a crise foi apenas o protelar do esperado.
Quanto ao fogo de artificio junto ao palito, ocorreu cerca das 02 horas embora fosse composto por meia dúzia de foguetes de curta elevação made in china. Penso ter servido para os cerca de 20 colaboradores do leste, comemorarem a passagem de 2008 para 2009 no seu fuso horário. Até foi engraçado ver esta iniciativa particular que se substituiu a uma iniciativa oficial, que poderia ter sido efectuada no local... ( Foto Município de Estremoz )

As Portas que Abril abriu

«Era uma vez um país

onde entre o mar e a guerra

vivia o mais infeliz

dos povos à beira-terra.

(...)

Era uma vez um país

de tal maneira explorado

pelos consórcios fabris

pelo mando acumulado

pelas ideias nazis

pelo dinheiro estragado

pelo dobrar da cerviz

pelo trabalho amarrado

que até hoje já se diz

que nos tempo do passado

se chamava esse país

Portugal suicidado.

(...)

Foi então que Abril abriu

as portas da claridade

e a nossa gente invadiu

a sua própria cidade.

Disse a primeira palavra

na madrugada serena

um poeta que cantava

o povo é quem mais ordena.

(...)

Foi esta força viril

de antes de quebrar que torcer

que em vinte e cinco de Abril

fez Portugal renascer.

E em Lisboa capital

dos novos mestres de Aviz

o povo de Portugal

deu o poder a quem quis.»

in SANTOS, Ary dos.- As Portas que Abril Abriu. Lisboa, 1975.

25 de Abril Sempre