domingo, 5 de novembro de 2017

Revista à Portuguesa ( Revist Ó Fado " A Tasca do Tí Carlos" )

Uma nova produção da C2E que promete uma boa disposição ao longo de toda a actuação um espectáculo da mesma produtora da revista "Pernocas ao leu" que recentemente nos visitou. A " TASCA DO TI CARLOS " pelo que nos apresenta no video promete. Uma nova produção da C2E cuja publicação do video promocional foi autorizada pelo sr Carlos Cruz

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

TEATRO AMADOR DE ESTREMOZ APRESENTA " O AVARENTO" DE MOLIÈRE

Vão-se acender as luzes da ribalta para dar brilho à comédia " O AVARENTO" encenada pelo estremocense Cláudio Henriques que em conjunto com uma equipa que há muito tempo tenta dinamizar o teatro no concelho arregaçou as mangas meteu mãos à obra e ai está um projecto que o vai fazer esquecer as amarguras da vida em que o riso não irá faltar.
Dia 11 de novembro teremos a estreia pelas 21.30, será efectuada uma segunda sessão no dia 18 de novembro também pelas 21:30 horas.

sábado, 14 de outubro de 2017

Procedimento Concursal Comum Agrupamento de Escolas de Estremoz (Escola Básica Sebastião da Gama, Estremoz - Sede)







PAGAMENTO DO TRABALHO SUPLEMENTAR VOLTA À NORMALIDADE



NOVAS LEIS ANIMAIS

Fiquei com alguma alegria ao ler a nova legislação que estabelece um estatuto jurídico dos animais, a Lei 8/2017 de 3 de Março.
Fiquei a saber no seu Artigo 131.º – Regras de acesso aos estabelecimentos, que é livre o acesso aos estabelecimentos de restauração ou de bebidas.
Assim a minha alegria é que agora posso comer num restaurante acompanhado dos meus animais e vou passar a levar a almoçar comigo o meu cãocrodilo visto que não posso levar o crocodilo ou a minha o meu salchiconda porque não posso levar a anaconda mas disfarçados de cão pode ser que passem terei de rebatizar os gatinhos que tenho como o meu tigre de bengala ou o puma. Será agradável comer com uma ratazana ao lado na mesa ou vamos a coisas do insólito se o Vitorino se lembrar de convidar os seus amigos burros para almoçar vai ser uma alegria, os de duas e quatro patas à mesa do restaurante.
Fazem.se leis discriminatórias em relação aos animais de companhia apenas falo em casos que são raros e de animais de estimação que pela sua fisiologia são menos vulgares. 
Eu tenho animais de estimação em casa e não os levo para o restaurante pois seria pouco pratico carregar um aquário de 160 litros de agua onde a sua biodiversidade é muita e onde há peixes que entraram com 1 cm de comprimento e hoje passados seis ou sete anos já têm cerca de 23 cm, claro que vou de ferias e não preciso de um canil ou gatil para que não morram ou, arranjo quem diariamente lhe dê a refeição ou coloco um doseador diário para os alimentar. 
Os meus peixes têm o meu carinho diário verifico se tudo esta bem visto que é de agua quente logo os peixes que tenho são tropicais o que não inviabiliza que por lá ande um de lago há vários anos, no entanto vejo muitas vezes alguém com um canito que nasceu há pouco e é tudo mariquices passados sete ou oito meses o animal cresceu e ai começa o problema muitas vezes pendurados pelo pescoço de árvores, mutilados e abandonados para não seguirem os donos, largados longe de casa, etc, etc...

Quem são este senhores que tanto amor deram enquanto era pequeno e quando é grande os maltratam para mim são umas bestas com o devido respeito para o animal em causa.
No entanto não posso esquecer estes fazedores de leis que se lambem a mamar uma SAPATEIRA  numa daquelas marisqueiras da beira mar sem olhar que esses animais também são seres vivos e que sofrem ao ser cozidos vivos para aqui também serão precisas leis que acabem com esse martírio aos animais. 
Agora para os alentejanos com o CARACOL acontece o mesmo será que o bicho não sofre quando o escaldam? Experimentem com agua a ferver por cima das vossas mãos que talvez percebam a dor destes dois últimos animais que falamos. 
Já agora o maior predador da historia é o homem, que já promoveu por si mais extinções de espécies animais que todos os predadores juntos e ainda há-de promover a sua própria extinção num futuro próximo e o próximo poderei talvez considerar o tempo dos geólogos,

terça-feira, 10 de outubro de 2017

UM QUE VOU VER ALGURES

Star Wars: Os Últimos Jedi (2017)

Com estreia marcada para 14 de Dezembro, vem mesmo a calhar em época de compras de Natal logo, com a abertura prevista pela NOS de Salas de cinema no novo Évora Shoping, é bem provável que o tenhamos em estreia por essa altura na capital de Distrito e, se assim for cliente já tem. Deixo aqui o trailler oficial e o texto da pagina no facebook STAR WARS


sexta-feira, 6 de outubro de 2017

ALAMPADINHA IRRITANTE 2

A alampadinha irritante já está reparada desde o meio dia de hoje dia 6 de Outubro sempre ainda há gente que lê o Estremoz em debate.

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

5 DE OUTUBRO DE 1910

Faz hoje anos a implantação da Républica publico uma foto onde estava o meu Avô Joaquim Jose Carrasquinho, Dr Marques Crespo, Dr Pimentel entre muitos outros Estremocenses que lutaram pela queda da monarquia em defesa dos ideais Republicanos que muitos já esqueceram nos dias de hoje.

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

O REGRESSO AO MEU 8 ANO DE ESCOLARIDADE HÁ 40 ANOS

foto: restos de coleção
Faz hoje 40 anos que me despedia dos meus camaradas, tinham-me acompanhado ao longo das minhas férias que, vou aqui recordar. Lembro-me do mestre Manuel António, do Gida, do ti Pereira , do Mestre Jorge, do Mestre João Silveira e de outros que, como eu trabalhavam em regime jornaleiro como o Avó, o Zé Luís, o Carlos, o Sebastião, o Beldorega, o Pimpão entre outros que aqui me possa não recordar, eu regressava à escola eles continuavam pela estrada do Freixo todos os dias e para lá eram transportados pelo Borralho, na sua magnifica Bedford com bancos de madeira a 4 filas e um toldo preso por tubos quando chovia, aqui fica uma imagem do nosso magnifico transporte de pessoal à época em que se trabalhava 45 horas por semana. 
foto; clássico autoaero
No Freixo, foi-me apresentada uma amiga muito gira ela era negrinha, muito esbelta, quentinha o quanto bastasse, bebia que nem uma besta e para comer ainda era pior. Esta paixão era muito perigosa, para lhe dar de comer eram precisos 4 pois, comia 600 quilos de alcatrão de cada vez ou seja três bidões de 200 quilos, logo que chegávamos ao almoço repetia a dose e, depois era dar à manivela sem parar durante pelo menos sete horas, aprendi a fazer o leque de pavão, coisa cómica poucos devem saber o que é, a fazer enroncamentos, a espalhar o dito cujo e muitas outras coisas nesta arte enfim tempos idos 40 anos passados e uma vida de trabalho da qual me orgulho pois sempre melhorei os meus conhecimentos profissionais e para a vida.
Logo vi tinha  de esquecer alguém bastante importante que era quem nos aturava a pedir trabalho jornaleiro o senhor Henrique Galrito que estava nos serviços técnicos mesmo ao pé do Santo André e claro que não posso esquecer o Presidente à altura Dr António João Vestia da Silva.

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Video da atividade Associação Cultural e Recreativa Nova Geração

Imagens da inauguração da sede no passado dia 23 de Setembro de 2017 na localidade de Espinheiro Freguesia de São Domingos de Ana Loura